salgados para vender faculdade

Salgados para vender na faculdade

Se você está pretendendo abrir um negócio por conta própria no ramo da venda de salgados, as universidades costumam ser um ambiente propício porque é um lugar onde se vendem muitos lanches. Veja alguns salgados para vender na faculdade!

Salgados para vendar na faculdade

salgados para vender faculdade

Como as universidades – e suas várias faculdades – tem um horário letivo da manhã à noite, com aulas nos horários matutinos, vespertinos e noturnos, existe aqui uma alargada faixa de horário para vender salgados.

Como fluxo de estudantes que circulam numa universidade é sempre muito grande, existe uma favorável gama de potenciais clientes. 

Por isso, se você está pretendendo vender salgados na universidade e suas muitas faculdades que existem em um campus universitário, confira as dicas que temos abaixo para você consolidar o seu negócio. 

#1 – Verifique as condições da universidade

A primeira coisa a fazer é consultar a reitoria do campus para saber o que precisa ser feito para abrir um quiosque ou uma loja naquele espaço. Geralmente, as universidades funcionam alugando os pontos de venda e você só precisa apresentar os documentos necessários.

VEJA TAMBÉM: Masseiras para salgados: o que é, onde comprar

Por isso, é preciso fazer um plano de negócios que inclua o investimento inicial e o cálculo do retorno com a venda de salgados. Tenha em conta que será preciso pagar aluguel, comprar os equipamentos necessários, os tipos de salgados e as bebidas que serão consumidas. 

#2 – Compre uma estufa para salgados

A estufa é um elemento essencial em qualquer negócio de venda de salgados, pois ela funciona como uma vitrine, incitando o desejo dos alunos. Existem dois tipos de estufas, a estufa tradicional e o modelo a vapor, sendo esta última a opção ideal para que os salgados se mantenham quentinhos e crocantes. 

A vantagem da estufa a vapor é o seu sistema da bandeja de água em baixo dos salgados, o que faz com que o vapor mantenha a temperatura ideal, não deixando que os salgados percam o sabor e a consistência. 

#3 – Inicie o negócio com os salgados tradicionais

Se você está em dúvidas sobre o tipo de salgado que pretende vender, nós aconselhamos começar pelos salgados tradicionais. Coxinhas, empadas, pastéis, risoles e esfihas são os salgados que estão no topo de preferência do publico e a sua venda é quase certa. 

Uma dica legal é fazer uma enquete entre os estudantes, para saber o que eles gostariam de consumir. Não se esqueça que outros salgados podem ser adicionados ao cardápio, como os salgados veganos, pão de batata e outros. 

Agora que você já sabe o que é preciso para abrir o seu próprio negócio, que tal aprender uma receita de massa super simples e prática de fazer, que pode ser utilizada na confecção de coxinhas, risoles, pasteis e outros salgados:

Ingredientes da receita de massa de coxinha, risole e bolinha de queijo

  • 2 litros de água
  • 1kg de farinha de trigo
  • 2 conchas de óleo
  • Sal e tempero a gosto

Modo de preparo

Comece misturando a água, o óleo e os temperos numa panela, levando ao fogo e deixando ferver. Feito isso, vá adicionando aos poucos a farinha, mexendo sem parar. 

Quando a massa começar a desgrudar do fundo da panela, você deve retirar do fogo e deixar a massa descansar. Por fim, modele a massa nos formatos que você pretende usar (bola para a bolinha de queijo, meia-lua para o risole e gota d’água para a coxinha). A seguir, o que falta é adicionar os recheios que você pretende oferecer ao público dentro dos seus salgados. 

Uma dica bacana é apostar em ingredientes diferentes, além da tradicional coxinha de frango, apresente versões com queijo, carne, frango com catupiry ou até mesmo a carne de jaca, que está muito na moda entre os consumidores veganos. 

VEJA TAMBÉM: Como montar uma lanchonete: tudo o que você precisa saber

Se você é apenas estudante e não tem dinheiro para investir em um negócio, pode fazer como muitos estudantes das universidades públicas têm feito, que produzem lanches caseiros, como sanduíches naturais, e descolam uma graninha vendendo pros colegas. Você pode não enriquecer assim, mas sempre dá para pagar os custos do xerox. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *