massa coxinha mole

Massa de coxinha mole: como recuperar?

Quando a pessoa trabalha com salgados, e principalmente com coxinhas, às vezes acontece da massa ficar mole demais e não como deveria. É muito comum isso acontecer, mas também é muito fácil de consertar a massa de coxinha mole.

Sabendo como contornar, você evita o desperdício dos ingredientes ao recuperar aquela massa que não deu certo e também não perde dinheiro.

Massa de coxinha mole

massa coxinha mole

Quem produz salgados para vender sabe como é importante preparar bem os ingredientes. No entanto, para que seus clientes fiquem satisfeitos com a qualidade dos seus salgados, você terá que investir tempo, dinheiro e muita dedicação.

Porém, tem dias que nada sai como planejado. Basta errar um pouquinho a receita, colocando mais ou colocando de menos algum ingrediente, para você achar que já estragou toda a receita.

Nessas horas, não se pode perder a calma, pois assim mesmo é que pode colocar tudo a perder. Felizmente, há maneiras de recuperar aquela massa que parecia perdida. É o que vamos ver a seguir.

VEJA TAMBÉM: Como fazer salgados crocantes

Porém, antes disso, preste atenção na receita que trazemos a seguir para saber se a sua massa está mole ou não.

Você vai precisar de:

800g de farinha de trigo
75g de cebola
4g de alho
90g de manteiga
500ml de leite
900ml de caldo do frango
250g de batata cozida e espremida
2g de salsa desidratada
1g de noz-moscada
15ml de óleo de milho

Agora, preste bem atenção para não errar na hora de fazer a sua massa:

Comece refogando o alho e a cebola na manteiga. Quando estiverem douradinhos, mas sem queimar, adicione então o caldo de frango e o leite. O ideal era evitar esses caldos em tablete que são vendidos nos supermercados e utilizar o caldo que fica do cozimento do frango, o que vai deixar sua receita mais deliciosa.

Deixe ferver os ingredientes, dando umas mexidinhas para não queimar. A seguir, coloque a batata cozida e já triturada, a noz moscada e o óleo. Misture bem tudo até a massa ficar bem incorporada. Depois que esfriar, adicione a farinha de trigo e mexa bem para incorporar a massa.

Chegou a hora então de sovar a massa. Quando a massa estiver bem sovada, acrescente o recheio e coloque as coxinhas para fritar. Não coloque muitas de uma só vez para elas não grudarem umas nas outras.

Viu como não tem erro preparar a massa de cozinha? O problema é você misturar todos os ingredientes e não conseguir trabalhar a massa, não conseguir moldar as coxinhas.

Mas não se preocupe! Não é difícil recuperar a massa da coxinha

Que fazer para recuperar a massa que não deu certo? 

A questão consiste em acertar o ponto da massa. Fazer com que a mistura dos três elementos permita moldar a massa no formato que quiser. Para não ficar muito molengona, controle a quantidade de farinha e óleo.

Vá adicionando um e outro ingrediente até acertar o ponto. Muita gente acredita que a massa da coxinha deve ser bem leve, mas isso não é verdade. É justamente o contrário. A massa deve estar bem firme para acondicionar o recheio e ficar com aquele gosto delicioso, crocante por fora e macia por dentro.

Portanto, se a massa ficou meio molenga, acrescente mais farinha de trigo para até sentir que a massa está na consistência ideal para ser sovada.

Com a prática, você vai perceber como é fácil recuperar uma massa de coxinha que não deu certo. Afinal, o segredo está na percepção da consistência mais adequada para moldar a massa.

Agora que você já o que fazer para recuperar uma massa que não deu certo, que tal conferir uma receita deliciosa para o recheio de sua coxinha?

Você vai precisar de:

  • 1 kg de peito de frango cozido e desfiado
  • 2 cebolas médias picadas
  • 1 xícara de salsinha picada
  • Pimenta vermelha picada a gosto
  • 2 dentes de alho amassados
  • Sal a gosto
  • Colorífico a gosto
  • Óleo de milho ou azeite de oliva.

Para empanar

  • 2 claras
  • 1 litro de água
  • 1 pitada de sal
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 2 kg de farinha de pão

Refogue no óleo ou no azeite o alho bem amassadinho, a pimenta picadinha e a cebola também picada. Refogue até dourar bem, sem queimar, para então colocar o peito do frango já cozido e desfiado, refogando por mais alguns minutos. Vá controlando, mexendo sempre para não queimar. Acrescente o sal a gosto e o colorífico. 

O segredo da massa perfeita de coxinha está nos detalhes. 

Para deixar sua coxinha sequinha e crocante, o segredo está nos detalhes. Tudo deve ser feito com muito carinho, cuidado e atenção. Confira algumas dicas para você obter os melhores resultados quando for produzir sua coxinha. 

  • Use farinha de rosca com leite quando for empanar sua coxinha. Em vez de usar ovos para umedecer a coxinha e depois passar na farinha de rosca, use o leite ou então uma mistura de água com farinha de trigo. Assim, a massa fica hidratada por dentro e sequinha por fora por causa da fritura.
  • Incremente a massa com o caldo que ficou do cozimento do frango, o que dará mais sabor à parte externa da cozinha. Mas o frango do recheio não pode estar muito seco, pois é a água  dele que vai umedecer a sua coxinha por dentro. 
  • Um segredo muito útil e efetivo é deixar a massa descansando um tempo no congelador. Assim, a massa adere melhor ao recheio e a coxinha fica bem crocante. 
  • Para evitar que a coxinha grude no fundo da fritadeira, o segredo é o óleo estar no ponto de fritura. Jogue um palito de fósforo no óleo quente e, quando ele acender, então é hora de fritar as coxinhas.
  • Não frite muitas coxinhas todas de uma vez. Vá fritando de modo que uma não fique encostando na outra, pois aí pode até grudar e ficar uma bela porcaria. 

VEJA TAMBÉM: Por quanto vender o cento de salgados?

Para a produção de salgados em larga escala, o melhor é automatizar a sua produção com a aquisição de máquinas que padronizem a sua produção de salgadinhos sem perder a qualidade. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *