Tudo sobre higiene de cozinha industrial

Em todos os locais onde alimentos são manipulados e preparados, os cuidados com a higiene são fundamentais para evitar qualquer tipo de contaminação. Aprenda tudo sobre higiene de cozinha industrial a seguir.

Da mesma forma que nas cozinhas domésticas, nas cozinhas industriais os alimentos podem ser contaminados por germes e bactérias se estiverem em contato com equipamentos e superfícies que não estejam suficientemente limpos.


Tudo sobre higiene de cozinha industrial

A limpeza de uma cozinha industrial é diferente da limpeza de uma cozinha doméstica, pois ela deve ser mais profunda, com produtos mais potentes.

Os cuidados com higiene em cozinhas industriais devem ser redobrados pois são espaços maiores e onde muitas pessoas manuseiam os mesmos equipamentos, sendo necessário usar produtos adequados para eliminar micro-organismos que se desenvolvem nos restos de comida, gordura incrustada e poeira.

VEJA TAMBÉM: Decoração de lanchonetes: ideias para se inspirar

Em primeiro lugar, você precisa saber que o processo de higienização de uma cozinha industrial se divide em 3 partes:

Limpeza 

Lixo, restos de comida, poeira, objetos, devem ser removidos completamente do local;


Descontaminação

Agentes biológicos e químicos que provocam danos à saúde e contaminam alimentos devem ser eliminados;


Desinfecção

Micro-organismos, fungos e bactérias, são eliminados com produtos específicos.


Dicas para higiene da cozinha industrial

Agora, fique aqui com 12 dicas de higiene em cozinhas industriais. Confira:

1. Limpeza de equipamentos e utensílios

Como a vassoura é um foco de micro-organismos, evite varrer a cozinha para não levantar pó e espalhar a sujeito. O que deve ser feito é uma lavagem de cima para baixo: lave primeiro as janelas, portas e janelas incluídas, depois coifas, fogões, bancadas e demais equipamentos. O último deve ser o piso. 

O lixo deve ser removido duas vezes ao dia e, nas janelas, coloque uma tela de proteção, que também deve estar sempre limpa. 


2. Água e sabão

Lave os utensílios utilizados na cozinha com água e sabão. É um método antigo, mas funciona. Depois, tudo deve ser enxaguado em água corrente. A seguir, deixe tudo imerso em água fervente por cerca de 15 minutos. No final, todas as peças devem ser guardadas ao abrigo de poeira e gordura.


3. Cloro

Na limpeza industrial não se utilizam os mesmos produtos da limpeza doméstica e tampouco são utilizados produtos com cheiro forte.

Você deve ficar atento aos produtos específicos para sua cozinha e mantê-los longe dos alimentos. Produtos abrasivos não são recomendados pois podem causar corrosão nas superfícies, acumulando restos de comida difíceis de limpar. 

A OMS –  Organização Mundial de Saúde recomenda utilizar cloro para a limpeza  industrial, pois é um agente fungicida e bactericida. Se usado nas concentrações adequadas, o risco de toxicidade é baixo.


5. Não esqueça das bancadas, pisos, paredes, câmaras e ralos

Todas essas superfícies devem ser bem lavadas com água e sabão. No final, enxague em água corrente e quente. Use também a água clorada.


6. Tempo de ação

Aplique detergentes com cloro em sua composição química e deixe agir por 15 minutos. A seguir, enxague com água quente. 


7. Secagem natural

Para evitar recontaminação, deixe tudo secando naturalmente. Abandone paninhos de cozinha e panos de chão, pois eles acumulam bactérias e espalham depois no ambiente em vez de eliminá-las. No lugar dos panos, utilize produtos descartáveis, como o papel toalha para secar as mãos.


8. Utensílios x mãos

Os utensílios como pratos e panelas devem ter sua área de lavagem em uma pia separada da lavagem dos alimentos. Evite que alimentos já lavados entrem em contato com alimentos ainda não lavados ou com pias e bancadas sujas. 

Todos os que trabalham manipulando alimentos devem prestar especial atenção à lavagem das mãos: lave a partir do antebraço, sempre com muita água e sabão. Os cabelos devem ser presos com touca e as unhas sempre curtas e limpas. 

VEJA TAMBÉM: Tudo sobre o custo para fazer salgados

Na hora de limpar os eletrodomésticos, utilize os produtos recomendados pelos fabricantes para evitar corrosão e odores. Evite esponjas abrasivas, que causem danos às superfícies. 


9. Armazenagem

Materiais de limpeza e produtos químicos devem ser armazenados em área separada dos alimentos e lavagem de utensílios. Não esqueça de identificá-los.


10. Oscilações de temperatura

As temperaturas de geladeiras, freezers e câmeras frias não devem sofrer oscilações para não prejudicar a qualidade dos alimentos. Não utilize esponjas que causem danos à superfícies nestes locais. 


11. Toucas e aventais

Os trabalhadores da cozinha devem ter vestiários e sanitários para se trocar e se lavar. Estes locais devem ser limpos com a mesma frequência que a cozinha. Também devem os trabalhadores usar uniforme adequado, como avental, touca e calçado, mantidos sempre limpos. 


12. Combate às pragas

A dedetização deve ser feita por profissionais qualificados e com cuidados no armazenamento dos alimentos e também no descarte do lixo. 

Para saber mais sobre as normas de higiene e segurança em cozinhas industriais, consulte a resolução RDC 216 de 15/09/04 da ANVISA quanto às boas práticas no preparo de refeições e manutenção da limpeza da sua cozinha.

Se esse artigo foi útil para você, partilhe com amigos e familiares. Não se esqueça de curtir e deixar o seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *